Quer me acompanhar?

12 de dez de 2011

Escondidinho de Mandioquinha e Linguiça


   Ingredientes

      6 batatas                                    3 dentes de alho                         
      4 mandioquinhas                         molho de pimenta                      
      1 linguiça portuguesa                   1 colher (sopa) de manteiga         
      1 copo de leite                            3 colheres (sopa) de queijo ralado
      Sal

   Modo de preparo

      Cozinhe a batata e a mandioquinha e passe pelo espremedor de batatas. Junte a manteiga, o sal e o leite e leve ao fogo até apurar. Misture o queijo ralado e mexa fora do fogo. Reserve.

      Passe a linguiça pelo processador ou pique em pedaços bem pequenos. Frite a linguiça, tempere com alho, cebola e ervas de sua preferência. Coloque em pequenos potes uma camada de purê, uma de linguiça e termine com purê. Polvilhe um pouco de queijo ralado e leve ao forno para gratinar.




       Servir como entrada, acompanhamento ou prato principal (se acompanhado de uma salada).
       Rende 6 porções.

       *Pode ser feito em um refratário grande.

10 de dez de 2011

Esmalte - Pinceladas

      Eu ando apaixonada por esmaltes holográficos. Na verdade acho que ando hipnotizada por eles - sempre que passo fico olhando os efeitos como se fosse uma criança encantada com os brilhos! =)



   

      Eu usei um esmalte preto e por cima passei um holográfico verde. Achei que ficou mais bonito do que só o holográfico.
      Tá bom, a segunda foto foi só um pretexto para mostrar minha fofurinha - Otávia Augusta, minha coelha Fuzzy Lop! *-*
      Qual seu esmalte preferido hoje?

8 de dez de 2011

Vinagre serve pra quê?


      Todo mundo costuma usar o vinagre para temperar saladas.
      Mas ele tem mais utilidades e nem sempre são culinárias.
      Algumas pessoas colocam uma colher de vinagre em massas que serão fritas para deixá-las mais sequinhas.
      Eu coloco vinagre branco na água para enxaguar roupas lavadas com alvejante (cloro) para interromper o processo químico que corrói o tecido.
      E aqui em casa tem outro uso não culinário para o vinagre muito aplicado: tirar manchas e cheio de xixi de coelha! O xixi dos coelhos tem alta concentração de amônia e esta fica depositada no chão, dificultando a limpeza. É só colocar um pouco de vinagre sobre a mancha, aguardar um pouco, esfregar e enxaguar. Fica tudo limpo e o cheiro do vinagre some em alguns minutinhos.
      Alguém sabe outras utilidades do vinagre? Conte pra gente!

7 de dez de 2011

Festas de Fim de Ano

       Enfeitar a casa para as Festas de fim de ano é uma delícia! Tenho o hábito de fazer a “famosa” faxina de Natal. Começa o mês de dezembro e os armários e gavetas são inspecionados para que tudo o que não teve utilidade no último ano seja descartado. O que estiver em bom estado é doado e o que estiver ruim é jogado fora. Se alguma coisa puder ser reciclada ou reutilizada, ela vai para uma caixa e posteriormente é reformada.

      Mas, a parte mais gostosa é colocar os enfeites pela casa: luzes, bonecos, árvore de Natal... Tudo fica mais alegre! Volto a ser criança, esperando ansiosamente pela festa na véspera de Natal na casa da minha Vó!


       Todo ano tento fazer ou comprar um novo enfeite. E cada canto da casa recebe pelo menos um enfeite, mesmo que seja bem pequeno.





      E você? O que faz nesta época do ano?

2 de dez de 2011

De onde vim

      Para me apresentar, vou falar sobre a cidade onde nasci e em que vivo até hoje. Sou de Araraquara, interior do Estado de São Paulo, localizada a 270 km de distância da capital (São Paulo).
      Existem algumas hipóteses para o nome da cidade: o nome seria um termo tupi que significa “toca de arará” - junção dos termos arará (formiga) e kûara (toca). Outra hipótese etimológica aponta para o significado "toca de arara”, a partir da junção de arara (arara) e kûara (toca). O mais difundido pela cidade é que o nome teve origem a partir de “ara-kûara (“lugar onde mora a luz do dia”, a "morada do Sol"), pois aqui o sol brilha quase o ano todo.
      Em 2010, a população de Araraquara era de 208.725 habitantes e possui um bom Índice de Desenvolvimento Humano Municipal. A cidade conta com Campi da UNESP nas áreas de Química, Odontologia, Farmácia-Bioquímica, Ciências Sociais e Econômicas, Letras, Pedagogia e Administração Pública e algumas faculdades particulares. Está em construção a Universidade Livre de Música e Arte de Araraquara, cujo projeto é do arquiteto Oscar Niemeyer.
      Existem alguns espaços culturais que, no momento, estão praticamente abandonados, sem exposições ou mostras. Temos a Casa da Cultura “Luiz Martinez Corrêa”, o Museu Ferroviário, Espaço Cultural “Paulo Mascia”, o Teatro Municipal, uma boa Biblioteca Municipal.
      O comércio não é dos mais completos, mas se comparado ao de outras cidades do interior até que é bem diversificado.
      É ainda é um lugar relativamente tranquilo e bom pra se viver, mas poderia melhorar mais se houvesse mais empenho da administração pública e se as pessoas começassem a ter mais educação e cortesia umas para com as outras. Como em todo país, a educação e a saúde (que tiveram boa avaliação no IFDM) ainda deixam muito a desejar...
      Temos uma emissora de TV local – a TVARA. Em suas chamadas, eles dizem que Araraquara preserva sua memória, mas isso não é verdade. É comum por aqui que prédios históricos sejam demolidos. Quando se começou a cogitar o tombamento de uma capela centenária e de um cinema, rapidamente os dois foram demolidos. Isso sem falar no prédio do antigo Teatro Municipal que foi demolido na década de 1960, porque o poder público disse que não havia como acabar com os cupins do local. Acho que foi a partir daí o começo da tradição de se destruir a história da cidade! =( Sem contar que casas belíssimas, que poderiam ser restauradas ou reformadas, são derrubadas por toda a cidade.
      Apesar de tudo, amo minha cidade. Aqui faço minha História! Aqui me sinto em casa!
                                                                                                                   Ana Cláudia

1 de dez de 2011

Boas vindas!

Olá!

      Há tempos sinto vontade de ter um blog. Adiei o começo várias vezes por medo de começar e abandonar o blog no meio do caminho. Mas, agora, decidi começar e levar a sério.

     Sobre o quê escrever? Sobre aquilo que me dá prazer! Culinária, casa, maquiagem, cosméticos, cotidiano... Quero escrever de maneira simples e pessoal e sem a pretensão de ensinar ou provar que tenho razão em tudo. E gostaria ainda de trocar experiências e conhecimento, aprender com vocês, conhecer diferentes pessoas e pensamentos.

      Críticas e sugestões são bem vindas! Mas os comentários serão moderados para evitar grosserias.

      Sejam bem-vindos(as) leitores(as) e companheiros(as)!